"Para seu cão, seu quintal é um grande aquário em que ele está preso. Peixes nadam, pássaros voam e cães andam. Ter um cão não deve ser apenas preencher suas necessidades humanas, nós devemos aos cães dar o que eles precisam instintivamente.” César Millan - especialista em psicologia canina.

Na natureza, os cães passam até 12 horas caminhando à procura de comida. Portanto, não importa a raça, o tamanho, a idade do seu cão e nem mesmo o tamanho do seu quintal - ele precisa de uma rotina de exercícios porque essa é a melhor forma para ele se aproximar dos seus instintos naturais.

Muitas pessoas ficam impressionadas com a transformação do seu cão depois que eles passam a caminhar algumas vezes por semana. Um cão que late demais, faz buracos no quintal, rói o seu carro... está dando sinais claros que está cheio de energia e que não tem como gastá-la. Até mesmo comportamentos não relacionados com excesso de energia, como fazer xixi pela casa toda, são muitas vezes resolvidos.

A verdade é que os cães não precisam de nós humanos para satisfazer suas necessidades físicas ou psicológicas, mas quando os trancamos em um ambiente fechado passamos a ser responsáveis por isso. Se mantemos um cão preso em casa o dia todo e ainda esperamos que ele seja nosso "melhor amigo", o mínimo que estamos sendo é egoístas...

Para suprir as necessidades de um cão, temos que ter o ponto de vista dele, e não o nosso. Carinho e afeto são importantes, mas nunca vão substituir a atividade física que ele tanto precisa para ser um cão satisfeito e equilibrado. Um cão constantemente cheio de energia e hiperativo não está em seu estado natural e isso não é saudável para ele.

O fato é que nem todos os donos de cães têm tempo ou disposição para oferecer uma atividade física a eles... Mas se esse é o seu caso, a solução existe - contrate um dog walker e dê esse presente ao seu melhor amigo!