Dog Pinda - Canil EMBOAVA Working Dogs - adestramento, hotel para cães, venda de filhotes, consultoria comportamental, locação de cães de guarda e passeios em Pindamonhangaba

"Eu preciso adestrar meu cão?" Não, não precisa. Na verdade, a grande maioria dos cães não são adestrados e convivem muito bem com seus donos. Mas a pergunta deveria ser: "Eu ganho alguma coisa adestrando meu cão?", ou então: "Meu cão ganha alguma coisa se for adestrado?", "Será que vale a pena o esforço?". Aí sim podemos analisar os prós e contras.

Primeiro os contras: você vai gastar tempo e dinheiro adestrando seu cão. Você provavelmente é uma pessoa ocupada (quem não é hoje em dia, né?), provavelmente chega em casa e quer descansar depois de um dia de trabalho, talvez você até tenha mais trabalho em casa do que no seu emprego formal. E ainda tem o tempo que precisa ser dedicado à família, tem a grama pra cortar, tem que levar o carro no mecânico, academia, supermercado... e ainda tem o cachorro. Pois é, tempo realmente é um problema.

O segundo "contra" seria o dinheiro. Provavelmente você não está com dinheiro sobrando e sem saber o que fazer com ele, certo? E cachorro dá despesa! Ração, veterinário, vermífugo, veneno pra pulgas e carrapatos... Então, acrescente às suas despesas o valor do adestrador e dos materiais que você vai precisar comprar: guia, colar, talvez uma caixa de transporte, talvez você precise construir um canil... É, dinheiro também é um problema.

Mas, se ainda não consegui te fazer desistir de adestrar seu cão, vamos considerar então os "prós".

Será que o tempo realmente é um problema? Você pode achar que não tem tempo, mas todo dia você tem 24 horas, não tem? Então você tem tempo! E se você arrumou um cachorro deve ser porque você gosta de cachorro, certo? (Por favor, diga que sim.) Então, gastar parte das suas 24 horas com seu cão não pode ser considerado uma perda de tempo. Pelo contrário, esse deve ser um dos pontos altos do dia! É durante esse tempo que você terá a oportunidade de se conectar com seu cão, de aprender como ele pensa, de saber o que ele gosta e o que ele precisa, de entender como ele interage com o mesmo mundo em que você vive. É durante esse tempo que se criará uma linguagem entre vocês dois, e a comunicação é essencial para uma boa convivência.

Mas e o dinheiro? Será que vale mesmo a pena gastar dinheiro com isso? Bom, com certeza você conhece aquele ditado que diz que "tempo é dinheiro", né? Esse ditado é quase certo... Você pode fazer o que quiser com o seu tempo, então ele não é necessariamente "dinheiro". Mas o contrário é verdade: dinheiro é tempo. Por exemplo: se você trabalha 8 horas por dia pra ganhar R$ 100,00 e depois gasta R$ 200,00 com seu cachorro, você dedicou 16 horas ao seu cachorro. Então você não gastou R$ 200,00, mas sim 16 horas. Tempo é importante, dinheiro é só um conceito. E já concordamos que dedicar tempo ao seu cão vale a pena, né?

Mas e o seu cão, o que ele ganha? Ele ganha a sua companhia! Talvez você não se ache a pessoa mais legal do mundo, talvez seu chefe não te ache a pessoa mais legal do mundo, talvez nem mesmo sua esposa ou marido te ache a pessoa mais legal do mundo... mas, na visão do seu cachorro, ele terá o privilégio de ter a companhia da pessoa mais incrível do mundo! Você tem comida, tem bolinha no bolso, tem a chave que abre o portão pro mundo... É, pra ele, você é o cara!

Então... "Eu preciso adestrar meu cão?" Não, não precisa. Mas se acha que vale a pena, podemos ajudar!

Henrique Emboava
(12) 99221 8614



[mais informações]







"Para realmente apreciar um cachorro, você não pode simplesmente treiná-lo para ser semi-humano.
O segredo está em se abrir para a possibilidade de se tornar, em parte, cão."

Edward Hoagland